Quem possui qualquer tipo de negócio costuma aplicar algumas técnicas de marketing para tentar fazer suas vendas. Mas muitos desses donos de negócios fazem isso e não conseguem ter o retorno desejado, ficam na esperança que o cliente lembre que ele existe para poder efetuar suas vendas.
Querer que o negócio dê o retorno exato sobre o investimento tido sobre as atividades de marketing, que o faturamento da empresa seja previsível e mais certezas que chutes. Tudo isso é o que qualquer empreendedor deseja para o seu negócio. No entanto, quando o que acontece é justamente o contrário, ou seja, investe num negócio e não sabe ao certo o retorno das ações é porque a empresa está investindo no marketing da esperança.
Quando se percebe tal atitude o melhor a fazer é rever as estratégias de marketing que estão sendo aplicadas e tentar investir em algo que seja novo. Todos bem sabem que oferecer um bom serviço, ter um produto muito bom e ficar investindo em comunicação não é nenhuma garantia de ter um retorno satisfatório. É nesse tipo de situação que é preciso saber se o investimento dado está sendo em marketing da esperança ou no marketing de resultados.
O marketing de resultados é um conjunto de ligações estratégicas que são todas voltadas para a conversão(vendas). Nele estão inclusas diversas metodologias conhecidas como é o caso do Inbound Marketing, nutrição de Leads, SEO, Campanhas de Vendas Online entre outras ações. Mas não é isso que faz dele único, mas a forma como que é trabalhado.
O que o difere de outras vertentes do marketing é seu objetivo que faz uso do conjunto de outras metas para que as chances de venda sejam aumentadas e não apenas no barulho. Um bom exemplo disso é quando são produzidos conteúdos somente por produzir. Nesse caso ele não vai gerar resultado algum a não ser que ele seja otimizado para os motores de busca ou compartilhados nas mídias sociais.
Um exemplo desse tipo de marketing que pode ser dado são os investimento e anúncios em televisão. Essa técnica é assim chamada porque não tem como definir ao certo qual o público que será atingido. Assim, o empresário investe em televisão com a esperança de alcançar o público, mas essa certeza ele não tem. Além de ter chances de não trazer o resultado desejado pode ser muito arriscado para o empreendimento.
A comunicação feita no marketing de esperança segue apenas um lado que o empresário sai à procura dos clientes de forma aleatória através dos meios de comunicação. Só que esse tipo de aproximação pode sair muito caro para a empresa se o orçamento for limitado. Afinal, medir de forma objetiva o quanto que será obtido de retorno com as ações é difícil.
É exatamente por esse motivo que fica praticamente impossível medir o quanto de retorno efetivo será obtido com o marketing de esperança. Mesmo que seja realizado o contato com os clientes a relação é fechada, pois não há uma abertura para que haja uma interação com a opinião dele e recebê-lo. Por tudo isso medir o quanto de retorno efetivo o marketing da esperança pode retornar é impossível.
No marketing de esperança o empresário reconhece que o produto que está sendo oferecido é bom, acredita que vai conseguir faturar muito com a venda e sempre fica na esperança para que isso aconteça, torcendo fortemente para isso. No entanto, o resultado obtido não é aquilo que se espera, muito pelo contrário, é insatisfatório.
A partir de então ele passa a acreditar que tudo é apenas uma questão de tempo e a esperança continua ali, do seu lado. Mas o tempo vai passando e os resultados não vão acontecendo e isso persiste até que a esperança não consegue mais se sustentar.
Só há um momento que ter esperança é realmente bom para o negócio: quando se tem um plano muito bem estruturado. Esse é o caminho para que o reconhecimento e a remuneração merecida sejam alcançados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *